O Quem Vem a Ser Escalas Musicais

A grosso modo são a ordenação, a sequência da execução das notas musicais. Se pegarmos como exemplo:

DÓ, RÉ, MI, FÁ, SOL, LÁ, SI, DÓ….

E repetindo continuamente este ciclo teremos uma escala que começou na nota de dó maior (C) e foi seguindo uma sequência de intervalos definidos até chegar novamente na nota de dó maior (C).

Recomendamos que leia este artigo para entender a questão dos tons e semi-tons em cada uma destas notas.

É importante ressaltar que as notas com sustenidos, ou seja,

 

Veremos a Escala Maior

Essa sequência que apresentamos logo acima é a escala maior. Mas também poderíamos usar esta mesma escala maior iniciando a partir de qualquer outra nota que não fosse o dó, como por exemplo, começando da nota sol (G).

A diferença é que no primeiro caso teríamos a escama maior de dó. Já no segundo caso seria a escala maior de sol. Simples assim!

Para cada uma das 12 notas musicais que conhecemos, poderíamos montar uma escala para cada uma delas. Veja na imagem abaixo.

Faça um exercício praticando estas notas no braço do seu violão para facilitar o seu aprendizado e memorização dessas notas corretamente.

 

 

Escala Menor

Partindo de outra ponta, a formação da escala menor segue uma sequência diferente da que vimos na escala maior.

Perceba:

tom, semitom, tom, tom, semitom, tom, tom…repetindo o ciclo.

Vamos ver um exemplo prático construindo a escala menor de dó.

Pra isso basta seguirmos a sequência começando pela nota dó. Vai ficar assim:

dó, ré, ré#, fá, sol, sol#, lá#, dó… repetindo o ciclo.

Neste caso aqui o sustenido (#) teria o mesmo som do bemol (b). Isso é chamado também de enarmonia: quando duas notas tem o mesmo som, porém a escrita é diferente.

Logo esta mesmo escala pode ser representada pelas seguintes notas:

dó, ré, mib, fá, sol, láb, sib, dó.

É absolutamente a mesma coisa, só a escrita e pronúncia são diferentes.

É mais comum encontrarmos a escala menor de dó escrita da segunda maneira, usando os bemóis no lugar do sustenido.

O fato da segunda forma de escrita ser mais preferível à primeira é porque ela permite que se percebam as funções harmônicas com mais facilidades. Apenas por isso.

 

Porque escala maior e escala menor?

Estes nomes foram definidos porque a diferença entre uma e outra se dá no terceiro grau, no sexto grau e no sétimo grau. Pois na escala maior esses graus sãos maiores e na escala menor, como já deve ter percebido, eles são menores.

Bom, espero que este pequeno artigo tenha sido útil para você. Fizemos aqui apenas um resumo para não confundir muita a sua cabeça com uma overdose de informação.

Passamos apenas o essencial que você precisa saber neste momento.

Um Abraço!