Tipos de Violão – Os Modelos Mais Utilizados

Tipos de Violão – Os Modelos Mais Utilizados

Primeiro, vamos combinar que violão não é tudo igual, há diversas diferenças entre os modelos mais disponíveis no mercado.

Cada modelo de violão possui características específicas de design e de adaptabilidade, sendo mais recomendado para um ou outro estilo musical.

É por isso que na hora de adquirir um violão novo é tão essencial saber tudo a respeito deles. Quer entender mais? Veja agora os principais modelos de violão!

Violão Clássico

Assim como o nome sugere, o violão clássico é o mais popular, utilizado e comercializado para músicos. É um modelo acústico e trabalha com seis cordas, que na grande parte das vezes usa cordas de nylon.

É muito simples de encontrar um desse a venda por um preço bastante acessível em comparação aos outros modelos e é recomendado para iniciantes por conta da leveza e maciez do instrumento.

Violão Folk

Possui como destaque físico, o corpo maior e mais “acinturado”.

Os violões modelo folk também são muito populares. Grande parte dos modelos trabalha com cordas de aço, podendo ser elétricos ou eletroacústicos. É o mais recomendado para estilos como pop e rock, principalmente por gerar um som mais encorpado, com timbre bem particular.

Violão Flat

O termo flat vem do inglês e significa “plano” ou “liso”. E é exatamente essa a principal característica do violão flat, tendo sua caixa acústica muito estreita!

Ele é bastante usado por músicos profissionais e em grande parte dos casos é tocado com cordas de nylon. O timbre gerado é bem suave e em sua maioria são elétricos, necessitando então de amplificação.

Violão Jumbo

O violão jumbo se tornou conhecido no momento em que Elvis Presley começou a usá-lo e, embora parecido com o modelo clássico, a maior diferença se encontra no corpo mais largo e na base mais arredondada.

É bem simples de encontrar modelos eletroacústicos e possui cordas de aço e o som produzido é bem grave e encorpado.

Violão de 7 Cordas

Dito como o violão brasileiro, pelo fato de ser recomendado para estilos musicais como o choro e o samba, o violão de 7 cordas não demonstra diferenças na sua estrutura, se comparado ao violão clássico.

O principal diferencial é a sétima corda, que normalmente é afinada de maneira mais grave que as demais, o que requer um conhecimento do músico que for tocá-lo.

Violão de 12 Cordas

Outro que não demonstra diferenças na estrutura, porém possui o dobro de cordas do que o clássico, as quais são associadas em duplas – sendo metade delas afinadas com uma oitava acima.

O violão de 12 cordas tem ressonância plena e requer técnica e prática na hora de pressionar duas cordas simultaneamente.

Violões Zero, Duplo Zero e Triplo Zero

Tais violões são catalogados como Parlor, com estruturas inferiores e sendo muito recomendado para uso casual e não tanto profissional.

O violão zero é o menor de todos esses e possui uma estrutura confortável para tocar por um logo período.

O duplo zero já é um tanto maior, porém, possui uma ótima sonoridade e é recomendado para as técnicas de fingerstyle. Já o triplo zero possui comprimento intermediário e produz um timbre mais peculiar.

Agora que falamos sobre os modelos de violão mais utilizados, você já pode realizar a melhor escolha certa na hora de adquirir o seu novo instrumento.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.