Teoria Musical

O Que é Harmonia, Melodia e Ritmo

Quem se envereda pelo caminho da música e começa a estudar teoria musical, cedo ou tarde acaba se deparando com os termos Harmonia, Melodia e Ritmo.

Esses são os 3 ingredientes presentes em toda música, ou pelo menos em sua maioria, uma vez que esse trio não é obrigatório estar presente em toda composição.

Isso porque podemos compor uma música usando somente instrumento melódico e tambores.

Ritmo

Trata-se do elemento responsável pela velocidade, intensidade e função de cada nota musical. O ritmo é a batida da música e tempo da música, que normalmente são marcados pela bateria ou percussão.

O contra baixo também pode ficar encarregado de trabalhar a parte rítmica, o próprio violão ou teclado, caso estejam sendo tocados sem outros instrumentos acompanhando a música. A bateria por sua vez é capaz de ditar o andamento da música e essa será um Rock, Por, Sertanejo, etc.

O Que é Harmonia, Melodia e Ritmo

Melodia

Aqui entra as escalas musicais, pois a melodia é a categoria que apresenta uma sequência de notas ou sons. E a função da escala é determinar quais notas farão parte de determinada música, com base na sua tonalidade.

A melodia é um agregado de notas, tocadas em sequência e que são  cantadas apenas durante a música. Em cada sílaba que você cantar, você está entoando uma nota distinta e esse conjunto de notas é que chamamos de melodia.

O instrumento melódico é ótimo para nosso exemplo, pois eles liberam sons separadamente, isto é, uma nota por vez, isolada. Podemos citar instrumentos que se encaixam nesta categoria, o saxofone e a flauta.

Harmonia

Em minha opinião a harmonia é o elemento crucial em qualquer composição musical. A harmonia são todos os acordes a serem tocados numa música, claro que não acordes aleatórios, mas escolhidos com base na escala e tonalidade da música em questão.

Como vimos, a melodia é a sequência de notas que tocamos, ou seja, um som individual. Na harmonia tocamos os acordes, que são formados por um conjunto de notas, isto é, vários sons tocados simultaneamente.

Como esclareci no início deste pequeno artigo, você não é obrigado a inserir esses 3 elementos em sua composição, entretanto, se o fizer, a sua música ficará mais “completa” e consequentemente mais agradável aos ouvidos, principalmente aqueles mais críticos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.